Insônia, uma condição mundial que tem cura

Worried Teenage Girl Lying In Bed

A cada noite, uma em cada três pessoas no mundo não consegue dominar seu cansaço e obter um descanso reparador. Tudo graças à insônia, uma condição que todos sabemos que existe, mas poucos conhecem a fundo.

A insônia pode ser classificada em três categorias:

Transitória
É a mais comum, e geralmente se manifesta em qualquer pessoa em momentos que antecedem um evento importante, como um exame ou uma entrevista de emprego.

De curto prazo
É a insônia que nasce de uma situação de estresse ou de crise e persiste durante várias semanas.

De longo prazo
Esta é a insônia denominada crônica, que pode persistir e tirar o sono durante meses e, às vezes, até anos.

Em todas as suas manifestações, a insônia envolve a pessoa em um círculo vicioso: ela se sente muito preocupada por não poder dormir e não dorme porque está muito preocupada.

Mas a boa notícia é que, em todas as suas manifestações, essa condição tem cura.

Em suas três categorias, ela pode ser tratada. Atividades simples, como manter uma rotina regular de horários, alongamentos antes de se deitar, exercícios respiratórios (como os de pranayama, linha indiana do Yoga) e massagens, podem contribuir para uma melhor noite de sono, aliviando o estresse e a tensão corporal e, assim, evitando a insônia.

Exercícios físicos também são recomendados, mas é importante enfatizar que devem ser feito algumas horas antes do horário de se deitar.

Se a condição se fizer presente durante algumas semanas, é aconselhável procurar ajuda de um especialista e, claro, evitar a automedicação.

Depois de tudo resolvido, é hora de deitar a cabeça em seu Ortobom e aproveitar umas das melhores coisas que a vida pode oferecer: uma boa noite de sono.

Uma boa noite de sono contribui para uma boa memória

O sono, em suas 5 fases, interfere na regulação térmica do nosso cérebro, função essencial para o bom funcionamento da memória.

Fases 1 e 2 do Sono – Memória Motora.
Nas duas fases iniciais, o cérebro se encarrega de guardar informações relacionadas a atividades motoras (como tocar um instrumento, por exemplo).

Fases 3 e 4 do Sono – Memória Espacial.
Nestas fases, o sono é responsável pelo senso de direção. Você não conseguiria se locomover de um ponto a outro sem consultar um mapa sem a memória espacial.

Fase 5 (REM) – Memória Intelectual.
A 5ª fase do sono – REM (Rapid Eyes Moviment), a fase dos sonhos – é essencial para o aprendizado, onde o cérebro guarda as informações relativas às atividades intelectuais.
Além disso, durante o REM, as proteínas são sintetizadas em grande escala com o objetivo de manter ou expandir as redes de neurônios (principalmente os ligados à memória e ao aprendizado).

Nesse processo, o cérebro comanda a produção e a liberação de hormônios, como a melatonina e o próprio hormônio do crescimento – este garante ao indivíduo longevidade com maior jovialidade. E também regula os níveis de outras substâncias responsáveis pela regeneração de células e cicatrização de pele.