7 dicas para seu filho dormir bem e você também

Para garantir um bom desenvolvimento, as crianças precisam dormir bem, e é por isso que preparamos algumas dicas para proporcionar a você e a seus filhos uma noite de sono tranquila.

Cuide da alimentação

Exagerar na alimentação da criança antes de dormir influencia na qualidade do sono. De barriguinha cheia, elas costumam ficar mais inquietas, por isso, o ideal é servir o jantar cerca de 2 horas antes do horário de dormir. Evite açúcar e cafeína, presentes em refrigerantes e chás, que são estimulantes. O leite de vaca também deve ser evitado, pois aumenta a secreção e em alguns casos pode causar distúrbios no sono. Prefira o leite de soja.

Evite brincadeiras agitadas

Brincadeiras são sempre bem-vindas, mas prefira as mais tranquilas perto da hora de dormir como, por exemplo, jogos de carta e tabuleiros. Atividades muito intensas costumam tirar o sono da criança, a exemplo de videogames, internet e brincadeiras de correr. Ao contrário do que muitos pensam, agitadas as crianças sentem mais dificuldade para relaxar e, assim, pegar no sono.

Soneca da tarde

Tirar uma soneca à tarde pode ajudar a criança a assimilar melhor o aprendizado, mas não pode ser muito tarde e nem por muito tempo para não atrapalhar o sono da noite.

Crie horários

Quando a criança aprende que existe um horário determinado para dormir, as desculpas acabam desaparecendo naturalmente e o próprio organismo se adapta, fazendo com que o sono chegue no momento certo. A melhor recomendação é criar uma rotina, com horários para brincar, se alimentar e dormir.

Adeque o ambiente

O ideal é um ambiente calmo e tranquilo na hora de dormir. Evite aparelhos eletrônicos ligados, como televisão, videogame, tablets e celulares – isso pode distraí-las.  Diminua a intensidade da luz; um abajur é uma boa opção.

Não force

Se a criança não apresentar nenhum sinal de sonolência, não vai adiantar deixá-la por horas no quarto; leve-a somente quando o sono chegar. Se a criança ficar sonolenta, mas apresentar resistência para dormir, fique ao lado dela na cama até que ela durma. Para ajudar, você pode proporcionar uma atividade calma, relaxante e que detenha sua concentração, como por exemplo, ler uma história ou cantar canções tranquilas para ninar.

Com a mamãe e o papai, não!

Crianças que dormem acompanhadas possuem um sono fragmentado, além de dependerem da presença de alguém sempre que forem dormir ou acordar. Sem esquecer a falta de privacidade que os pais acabam sofrendo e os abalos que isso pode causar na relação. A recomendação é que você se despeça do filho quando ele já estiver sonolento. Não é preciso proibir a criança de visitar sua cama, mas estabeleça limites e só permita que ela durma entre os pais em situações de emergência.